Imagem Banner Imagem Banner

Vacina contra a Gripe

22/03/2024

Público convocado para se vacinar contra a gripe:

  • Crianças de 6 meses a menores de 6 anos
  • Pessoas com 60 anos ou mais
  • Gestantes
  • Puérperas (mulheres que tiveram filho até 45 dias)
  • Pessoas com doenças crônicas
  • Pessoas com deficiência permanente
  • Professores do ensino básico e superior
  • Indígenas
  • Pessoas em situação de rua
  • Profissionais da força de segurança e salvamento
  • Profissionais das formas armadas
  • Caminhoneiros
  • Trabalhadores do transporte coletivo
  • Trabalhadores portuários
  • Trabalhadores da Saúde
  • Acamados**

* Os trabalhadores da Saúde da rede municipal também recebem a vacina diretamente nos locais de trabalho.  Trabalhadores da Saúde autônomos ou que atuem em hospitais e outros estabelecimentos recebem sua dose no Conselho Regional de Enfermagem do Paraná (Coren-PR), localizado na Rua Professor João Argemiro Loyola, 74, no Seminário.  A vacinação para trabalhadores da Saúde, no Coren, será realizada, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17 horas.  
 
** Aplicado diretamente nas residências dos acamados.

vacina anticovid

21/12/2023

Todas as doses de vacinas anticovid destinadas ao público de 12 anos ou mais foram aplicadas. A Secretaria Municipal de Saúde aguarda a chegada de um novo lote para continuar a imunização. 

Os estoques das vacinas baby estão disponíveis em 102 unidades de saúde para crianças de 6 meses a menos de 5 anos. 

A vacina pediátrica para crianças de 5 a 11 anos continua disponível em 10 locais na capital.

Clique aqui para saber mais

Público prioritário para dose de reforço semestral da vacina anticovid 

  • Pessoas com 60 anos ou mais
  • Gestantes e puérperas (mães que tiveram filho há até 45 dias)
  • Imunocomprometidos com cinco anos ou mais 

Público prioritário para dose de reforço anual da vacina anticovid 

  • Trabalhadores da saúde
  • Pessoas em situação de rua
  • Pessoas com comorbidades com cinco anos ou mais 
  • Pessoas com deficiência permanente com cinco anos ou mais 
  • Indígenas, ribeirinhos, quilombolas com cinco anos ou mais 
  • Moradores e funcionários de instituições de longa permanência
  • Pessoas privadas de liberdade, jovens cumprindo medida socioeducativa e funcionários do sistema de privados de liberdade

Esquema primário

As pessoas que não pertencem aos grupos prioritários e que não completaram o esquema vacinal primário com duas doses, ainda podem buscar uma Unidade de Saúde para se vacinar, segundo a recomendação do Ministério da Saúde.

 

Locais de Vacinação

ONDE TOMAR
VACINA?

Para consultar os pontos de vacinação

Imunossuprimidos

> Lista de Condições de Imunossupressão

Confira aqui a lista de condições de imunossupressão reconhecidas pelo Programa Nacional de Imunização do Ministério da Saúde:

  • Imunodeficiência primária grave
  • Quimioterapia para câncer
  • Transplantados de órgão sólido ou de células tronco hematopoiéticas (TCTH) uso de drogas imunossupressoras
  • Pessoas com HIV/Aids
  • Uso de corticoides em doses ≥20 mg/dia de prednisona, ou equivalente, por ≥14 dias
  • Uso de drogas modificadoras da resposta imune
  • Auto inflamatórias, doenças intestinais inflamatórias
  • Pacientes em hemodiálise
  • Pacientes com doenças imunomediadas inflamatórias crônicas

Resgate de Vacinas em municípios

Moradores de Curitiba que receberam doses de vacinas em outras cidades podem informar à Secretaria Municipal da Saúde para atualização na sua carteira vacinal. É necessário ter cadastro na rede municipal de Saúde (caso ainda não tenha faça o pré-cadastro aqui)

Os documentos necessários são os seguintes:

  • Documento pessoal com foto (RG, CNH) – frente e verso;
  • Comprovante da vacinação em que conste: nome legível do usuário, data da aplicação da(s) dose(s), lote do imunizante;
  • Comprovante de residência com endereço de Curitiba no nome do usuário. (Menores de 30 anos podem apresentar o comprovante em nome dos pais; comprovantes em nome de cônjuges requerem apresentação de certidão de casamento ou união estável;
  • Em casos de locações não formalizadas por imobiliárias, deverá ser apresentado o comprovante do endereço da residência junto com uma declaração do proprietário do imóvel, com responsabilização legal pela locação e pela informação;
  • Informe local em que foi realizada a primeira dose da vacina;
  • As imagens dos documentos devem estar legíveis e sem cortes; solicitações com documentos faltantes não serão aceitas e requerem um novo envio em novo contato.

Para validar os documentos, é possível realizá-lo de duas maneiras: apresentando pessoalmente na Unidade de Saúde ou enviando por e-mail para smscentral@sms.curitiba.pr.gov.br.

Calculadora Segunda Dose

Cadastre-se

Passo a passo para utilizar o Saúde Já por meio da base do e-Cidadão

Acessar o site ou aplicativo do Saúde Já (iOS) e (Android).

Se você já tiver cadastro no e-cidadão utilize seu login e senha desta plataforma. Depois de aceitar os termos de uso, será necessário completar o registro com os dados exigidos pela Secretaria Municipal da Saúde, tais como endereço, nome da mãe e telefone. Os dados obrigatórios têm um asterisco. Para compreender qual a informação pedida, clique no ponto de interrogação que aparece em cada um dos campos.

Se você já tem cadastro no e-cidadão, mas não tem cadastro definitivo na Secretaria Municipal da Saúde, precisará fazer uma validação anexando fotos do seu documento de identificação e comprovante de endereço, além de responder algumas questões específicas.

Se você já tinha cadastro no aplicativo Saúde Já Curitiba e não tinha no e-Cidadão, você deverá seguir com o registro nesta plataforma, criando uma nova senha, e informando os dados solicitados.

Se houver dúvidas ou dificuldades no processo, o usuário poderá entrar em contato pela Central 156 da Prefeitura de Curitiba.

Vacinas aplicadas emCuritiba

Astrazeneca

Coronavac

Pfizer

Jansen

Locais de Vacinação

Selecione abaixo para ver os locais de vacinação para cada público

Locais de vacinação para 4ª dose contra a covid + vacina contra a gripe (idosos):

Clique em um endereço para ver no mapa.

MAPA

A vacina pode causarefeito colateral?

Sim, como qualquer medicamento, a vacina pode apresentar efeitos colaterais.

Os mais comuns são febre, dor, vermelhidão e inchaço no local da aplicação.

O que devo fazer?

Coloque apenas compressas frias no local da aplicação.

Não coloque compressas quentes;
Não aplique cremes ou pomadas;
Não aplique curativos;
Não coce o local.

Caso apresente nos 7 primeiros dias após a vacinação sintomas de alergia, náuseas, vômitos, diarreia, fraqueza, formigamentos, sintomas de covid-19 (febre, dor de garganta, coriza, falta de ar), ligue para a Central de Atendimento: 3350-9000

Atendimento